Equipe Mitsubishi Petrobras mantém 11ª colocação no Rally Dakar

Dupla completa a nona etapa do rali sem imprevistos e marca o 14º tempo do dia

Equipe Mitsubishi Petrobras completou a nona etapa do Rally Dakar - Victor Eleuterio / Mitsubishi

Equipe Mitsubishi Petrobras completou a nona etapa do Rally Dakar – Victor Eleuterio / Mitsubishi

Iquique, 14 de janeiro de 2014 – A Equipe Mitsubishi Petrobras completou mais um dia do Rally Dakar nesta terça-feira. Na etapa que marcou a chegada da competição ao litoral do Chile, a dupla Guiga Spinelli e Youssef Haddad terminou com o 14º tempo, resultado que os manteve na 11ª na classificação geral.

“Chegamos bem nessa altura do Dakar, mas não podemos ficar olhando para a classificação, já que temos dias difíceis pela frente. Qualquer vacilo pode nos fazer perder posições. Devemos continuar mantendo o ritmo e levar o carro até o final do rali”, comemora Youssef.

A etapa teve dois trechos bem distintos. No primeiro, com erosões e muitas ondulações por quase 400 quilômetros, não era possível acelerar, tornando a prova bastante exaustiva. “Foi uma especial bem desgastante, tipicamente do Deserto do Atacama. Passamos por retas intermináveis, que tinham piso acidentado e fofo, com muitos desvios pelo caminho. Provas assim parecem não render. Mas fizemos um bom dia sem imprevistos”, explica Guiga.

Já os 40 quilômetros finais foram marcados pela presença de muita areia. “Não foram as dunas mais difíceis que encontramos até aqui, mas trechos como esse sempre são complicados”, comenta o navegador.

O ponto alto da prova foi a famosa descida da duna de Iquique, que tem mais de mil metros de altura e que marca a chegada à cidade chilena. “Acho que o mais bacana dessa descida é quando você aponta lá em cima e vê o Oceano Pacífico a sua frente. As pessoas parecem formigas devido à altura da duna. No começo é bastante íngreme, mas a medida que você acelera, o terreno vai ficando cada vez mais plano”, conta Guiga.

Décima etapa
A próxima etapa, que tem 631 km de trecho cronometrado, é dividida em duas seções bem distintas. Os primeiros 200 quilômetros de especial passarão por áreas litorâneas, enquanto a segunda parte passará por uma região de minas e formações rochosas, como o arco La Portuda, um dos mais famosos da cidade de Antofagasta. “Vamos buscar completar mais uma etapa limpa, acelerando sempre na medida certa para terminar com segurança. Temos muito rali pela frente”, afirma Guiga.

10ª Etapa – 15 de janeiro
Iquique – Antofagasta (CHL)
Deslocamento: 58 km
Especial: 631 km
Total: 688 km

As imagens de todas as provas e também o depoimento das duplas de nossa equipe estão em nossa página no YouTube: http://www.youtube.com/eqpmitsubishibr. Acesse e confira as informações que estão livres para uso.

Resultados – 9ª etapa – 14/1*
1) Stephane Peterhansel/Jean Paul Cottret (FRA) – 4h17min53s
2) Nasser Al-Attiyah/ Lucas Cruz (QAT) – 4h20m10s
3) Nani Roma /Michel Périn (ESP)-4h29m29s
4) Orlando Terranova/ Paulo Fiuza (ARG) – 4h32min7s
5) Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (ZAF) – 4h40min50s
14) Guilherme Spinelli / Youssef Haddad – 5h9min17s

Classificação geral – Rally Dakar 2014*
1) Nani Roma /Michel Périn (ESP)-34h15m17s
2) Stephane Peterhansel/Jean Paul Cottret (FRA) – 34h27min47s
3) Orlando Terranova/ Paulo Fiuza (ARG) – 35h10min10s
4) Nasser Al-Attiyah/ Lucas Cruz (QUA) – 35h15m23s
5) Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (ZAF) – 35h15min23s
11) Guilherme Spinelli / Youssef Haddad – 39h00min41s

Equipe Mitsubishi Petrobras
Acompanhe de perto todas as novidades da Equipe Mitsubishi Petrobras com Guilherme Spinelli e Youssef Haddad no Rally Dakar:

Site: http://www.mitsubishipetrobras.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/EquipeMitsubishiBrasil
Twitter: http://www.twitter.com/eqpmitsubishibr
YouTube: http://www.youtube.com/eqpmitsubishibr
Instagram: equipemitsubishipetrobras

Anúncios

Equipe Mitsubishi Petrobras é top 10 no Rally Dakar

Nessa terça-feira, a equipe enfrenta 301 km rumo a San Rafael - Vinicius Branca / Mitsubishi

Nessa terça-feira, a equipe enfrenta 301 km rumo a San Rafael – Vinicius Branca / Mitsubishi

Especial entre as cidades de San Luis e San Rafael teve 433 km - Gustavo Epifanio / Mitsubishi

Especial entre as cidades de San Luis e San Rafael teve 433 km – Gustavo Epifanio / Mitsubishi

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin cravam o décimo tempo na segunda etapa da competição

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad terminaram na 20ª colocação - Marcelo Maragni / Mitsubishi

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad terminaram na 20ª colocação – Marcelo Maragni / Mitsubishi

San Rafael, 6 de janeiro de 2014 – Em um dia marcado por trechos de alta velocidade, a dupla da Equipe Mitsubishi Petrobras, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin conseguiu o 10º tempo na segunda etapa do Rally Dakar. O piloto e o navegador agora estão na 8ª posição da classificação geral.

Equipe Mitsubishi Petrobras completou a segunda etapa do Rally Dakar - Vinicius Branca / Mitsubishi

Equipe Mitsubishi Petrobras completou a segunda etapa do Rally Dakar – Vinicius Branca / Mitsubishi

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin ficaram na 10ª posição - Gustavo Epifanio / Mitsubishi

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin ficaram na 10ª posição – Gustavo Epifanio / Mitsubishi

“Foi um dia muito bom para nós. O ASX se comportou muito bem e conseguimos andar em um ritmo forte. Tomamos cuidado para não cometer erros e deu tudo certo durante o trecho cronometrado”, comemora Reinaldo Varela.

Foram aproximadamente 433 quilômetros de especial, com grandes dunas, leitos de rio seco e longas sequências de alta velocidade. “Encaramos retas intermináveis! Foi totalmente diferente do primeiro dia”, comenta Varela.

Para Gustavo Gugelmin, o maior desafio da etapa foram as grandes pedras que se encontravam no meio do trajeto. “Não tivemos nenhuma dificuldade significativa nas dunas, mas tivemos que tomar bastante cuidado com as grandes pedras nos leitos de rios secos que andamos. Conseguimos fazer um dia de rali limpo”, conta Gustavo. Agora, a dupla largará em uma posição melhor nesta terça-feira, com menos veículos a sua frente e com a possibilidade de andar mais rápido.

Guiga Spinelli e Youssef Haddad enfrentaram alguns problemas durante o dia e terminaram na 20ª colocação. “Vínhamos muito bem na primeira parte da especial. Tivemos uma infelicidade na saída de um rio seco, caímos em uma erosão e capotamos”, lamenta Guiga.

Mesmo com o imprevisto, a dupla conseguiu continuar a prova. “Desviramos o carro, esperamos o óleo baixar e seguimos na especial tomando bastante cuidado para completar a etapa em segurança. Mesmo com tudo isso, fizemos o 20º tempo e estamos em 17º na classificação geral. Amanhã é um novo dia, a equipe vai trabalhar para deixar o carro em ordem para a largada da próxima etapa”, completa Guiga.

Terceiro dia
Na terceira etapa, um novo desafio espera a Equipe: os trechos com montanhas aparecem pela primeira vez no Dakar. “A prova será ainda mais difícil devido às chuvas que atingiram a região nos últimos dias. A organização cancelou uma parte da especial por causa do mau tempo. As informações que temos é que o piso estará bastante ruim, com muitas pedras e erosões. Atenção redobrada!”, adianta Youssef.

No trecho entre San Rafael e San Juan, a Equipe terá o Monte Aconcágua como plano de fundo. Uma paisagem que torna o terceiro dia do Rally Dakar ainda mais especial.

3ª Etapa – 7 de janeiro
San Rafael – San Juan (ARG)
Deslocamento: 295 km
Especial: 301 km
Total: 596 km

Resultados – 2ª etapa – 06/1*
1) Stephane Peterhansel/Jean Paul Cottret (FRA) – 3h52min05s
2) Carlos Sainz/Timo Gottschalk (ESP) – 3h52m51s
3) Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (ZAF) – 3h57min39s
4) Nani Roma /Michel Périn (ESP)-3h59m30s
5) Nasser Al-Attiyah/ Lucas Cruz (QUA) – 3h59m49s
10) Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin -4h20min11s
20) Guilherme Spinelli / Youssef Haddad – 4h46min52s

Classificação geral – Rally Dakar 2014*
1) Stephane Peterhansel/Jean Paul Cottret (FRA) – 6h17min02s
2) Carlos Sainz/Timo Gottschalk (ESP) – 6h517m30s
3) Nasser Al-Attiyah/ Lucas Cruz (QUA) – 6h21m12s
4) Nani Roma /Michel Périn (ESP) – 6h21m21s
5) Orlando Terranova/ Paulo Fiuza (ARG) – 6h25min33s
8) Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin – 6h53min2s
17) Guilherme Spinelli / Youssef Haddad – 7h17min16s

Equipe Mitsubishi Petrobras
Acompanhe de perto todas as novidades da Equipe Mitsubishi Petrobras com Guilherme Spinelli, Youssef Haddad, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin no Rally Dakar:

Site: http://www.mitsubishipetrobras.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/EquipeMitsubishiBrasil
Twitter: http://www.twitter.com/eqpmitsubishibr
YouTube: http://www.youtube.com/eqpmitsubishibr
Instagram: equipemitsubishipetrobras

Para imprensa
Durante todo o rali, a equipe contará com o jornalista Fernando Solano acompanhando toda a prova diretamente da Argentina e do Chile. Para qualquer informação, contato, vídeos e entrevistas, favor entrar em contato pelo email fernandosolano@mmcb.com.br ou pelo telefone 55 (11) 98591-9197.

A Equipe Mitsubishi Petrobras tem o patrocínio de Mitsubishi Motors, Petrobras, Axalta e Protune.

ASX Racing será o carro da Equipe Mitsubishi Petrobras no Rally Dakar 2014

ASX Racing é o carro oficial da Equipe Mitsubishi Petrobras -Alexandre Socci / Mitsubishi

ASX Racing é o carro oficial da Equipe Mitsubishi Petrobras -Alexandre Socci / Mitsubishi

Com o modelo, equipe foi campeã do Desafio Inca e vice-campeã do Rally dos Sertões

A contagem regressiva para o Rally Dakar 2014 já começou e as duplas da Equipe Mitsubishi Petrobras, Guiga Spinelli / Youssef Haddad e Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin, já estão preparadas para o maior rali do mundo. Para enfrentar os desafios da prova, que será realizada entre dias 4 e 18 de janeiro, eles estarão a bordo de dois ASX Racing, modelo usado pelo segundo ano consecutivo no Rally Dakar.

ASX Racing conquistou o Desafio Inca no Peru -  Mitsubishi

ASX Racing conquistou o Desafio Inca no Peru – Mitsubishi

Desenvolvido para superar as duras condições que a prova impõe, o modelo já passou por testes difíceis em 2012 e 2013. Com o ASX Racing, Guiga e Youssef foram campeões no Desafio Inca (Peru) e conquistaram o vice-campeonato no Rally dos Sertões, além de participar do Desert Challenge, em Abu Dhabi, e também do Rally do Marrocos. Por ser o mais exigente dos ralis em todos os aspectos, desde sua extensão às duras condições de piso e clima, o Rally Dakar será um importante passo para aprimorar ainda mais o modelo.

“Trabalhamos muito neste ano, fizemos provas de deserto importantes no Desert Challenge, em Abu Dhabi e também no Desafio Inca, no Peru. Conseguimos evoluir o carro em desempenho e durabilidade”, comemora Guiga, que estará ao volante do carro número 310.

O ASX Racing foi desenvolvido pela Mitsubishi Motors em parceira com a equipe do renomado engenheiro francês Thierry Viardot, responsável pelo projeto vencedor de 12 edições do Dakar na equipe Mitsubishi Japão. Com carroceria de fibra de carbono, tração 4×4 integral, câmbio sequencial de seis marchas e vários outros recursos importantes para enfrentar provas com grandes quilometragens e com condições extremas, os ASX já estão a caminho de Rosario, na Argentina.

Gustavo Gugelmin, que faz sua estreia na competição, está animado em participar do maior desafio 4×4 do planeta a bordo do ASX Racing. “É um sonho antigo participar do Dakar ainda mais em uma grande equipe e um carro com tantas qualidades como ASX Racing”, afirma. O navegador estará no carro número 336, ao lado do experiente piloto Reinaldo Varela, que já participou cinco vezes da prova.

Acesse o site oficial da prova http://www.dakar.com e conheça detalhes do trajeto que nossa equipe enfrentará durante a prova.

Mitsubishi ASX Racing
• Fabricante: Mitsubishi Motors
• Motor: 4,7L, V8, 32 válvulas, DOHC
• Modelo: ASX Racing
• Peso Bruto: 1.925 kg
• Potência: 348.5 HP/ 5.250 rpm
• Comprimento: 4.475 mm
• Torque: 509.1 kgf.m/ 4.250 rpm
• Altura: 1.850 mm
• Câmbio: Sequencial de seis marchas
• Largura: 1.990 mm
• Velocidade Máxima: 185 km/h
• Entre-eixos: 2.900 mm
• Tanque: 500L
• Tração: 4×4 Integral

Equipe Mitsubishi Petrobras
Acompanhe de perto todas as novidades da Equipe Mitsubishi Petrobras com Guilherme Spinelli, Youssef Haddad, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin no Rally Dakar:

Site: http://www.mitsubishipetrobras.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/EquipeMitsubishiBrasil
Twitter: http://www.twitter.com/eqpmitsubishibr
YouTube: http://www.youtube.com/eqpmitsubishibr
Instagram:equipemitsubishipetrobras

Para imprensa
Durante todo o rali, a equipe contará com o jornalista Fernando Solano acompanhando toda a prova diretamente da Argentina e do Chile. Para qualquer informação, contato, vídeos e entrevistas, favor entrar em contato pelo email fernandosolano@mmcb.com.br ou pelo telefone 55 (11) 98591-9197.

A Equipe Mitsubishi Petrobras tem o patrocínio de Mitsubishi Motors, Petrobras, Axalta e Protune

Rally Dakar faz apresentação em São Paulo e mostra percurso da edição 2014

Mitsubishi Motors é o carro oficial da organização pelo segundo ano consecutivo e fornecerá 43 carros para auxiliar no levantamento e logística do maior rali do planeta

Carro oficial do Rally Dakar pode ser visto na Adventure Fair - David Santos Jr. / Mitsubishi

Carro oficial do Rally Dakar pode ser visto na Adventure Fair – David Santos Jr. / Mitsubishi

Equipe Mitsubishi Petrobras estará presente no Rally Dakar 2014 - Marcelo Maragni / Mitsubishi

Equipe Mitsubishi Petrobras estará presente no Rally Dakar 2014 – Marcelo Maragni / Mitsubishi

Os corredores da Adventure Sports Fair, no Pavilhão do Ibirapuera, em São Paulo, ficaram agitados durante esta semana. Em parceria com a Mitsubishi Motors, a organização do Rally Dakar apresentou oficialmente o percurso e os detalhes da edição de 2014, que já tem a largada marcada para o dia 5 de janeiro, em Rosario, na Argentina.

Pelo segundo ano consecutivo, a Mitsubishi Motors irá fornecer 43 veículos L200 Triton e Pajero Dakar, produzidas no Brasil, na fábrica da marca em Catalão (GO). Alguns deles receberam equipamentos de segurança iguais aos de um carro de competição, como gaiolas de proteção e itens homologados pela FIA, já que enfrentarão o mesmo trajeto dos competidores, nas mais duras condições entre dunas, estradas e montanhas.

“A Mitsubishi Motors do Brasil tem o orgulho de estar novamente presente no Rally Dakar. Somos a marca de maior sucesso em competições off-road e não poderíamos estar de fora do maior rali do mundo. Além da importância do Dakar no cenário mundial, usamos a prova para desenvolver e aprimorar cada vez mais os nossos produtos e comprovar para o mundo toda a resistência de nossos veículos”, afirma Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors.

Os visitantes da Adventure Sports Fair poderão conhecer de perto esses veículos e comprovar a resistência, conforto e praticidade que a organização do Rally Dakar terá durante a prova.

Também estão expostos dois carros de competição: o Lancer Racing, da Equipe Mitsubishi Petrobras, e a L200 Evolution do X Rally Team, além de veículos da Mitsubishi Motors, como a nova L200 Triton Savana ADX, feita especialmente para exposições e feiras.

Para o Rally Dakar, a Mitsubishi Motors também está disponibilizando um caminhão de peças e uma equipe de profissionais altamente qualificados que acompanharão toda a prova, auxiliando os competidores que correm com veículos da marca. A edição de 2013 do maior rali do mundo reuniu 745 competidores de 53 países diferentes.

Equipe Mitsubishi Petrobras
Formada pelo piloto tetracampeão do Rally dos Sertões, Guilherme Spinelli, e o navegador Youssef Haddad, a Equipe Mitsubishi Petrobras já conta os dias para a largada da próxima edição do Dakar e está empolgada com o novo percurso.

“Nossa expectativa é muito boa. Estreamos o ASX Racing na edição deste ano e agora teremos ainda mais experiência com o carro. Ao longo do ano, fizemos ajustes e vamos desenvolvê-lo cada vez mais. O veículo já se mostrou muito bom e teremos um carro ainda melhor para 2014. Vamos caprichar ao máximo para terminarmos bem colocados”, garante Guiga.

A Equipe Mitsubishi Petrobras participará pelo sexto ano consecutivo do maior rali do mundo. “Teremos uma prova ainda mais dura em relação aos anos anteriores, com mais quilometragem de especiais e menos de deslocamentos, ou seja, os dias serão mais longos e cansativos. O fato do rali se concentrar mais próximos aos Andes fará com que a prova tenha mais montanhas, serras, subidas e descidas, mas sem deixar de lado a característica principal, areias e dunas. Com certeza a organização irá tornar a prova ainda mais desafiadora”, completa Guiga.

 

 

Rally Dakar Temporariamente Interrompido

A 11ª etapa do Dakar-2013 nos carros, disputada nesta quarta-feira, foi interrompida por causa de um rio que transbordou no percurso de 219 km entre La Rioja e Fiambalá.

As motos conseguiram passar e completaram a etapa. Apenas sete carros, inclusive o do líder, o francês Stéphane Peterhansel, puderam atravessar o rio.

Eles aguardam a decisão dos comissários da corrida para saber como a etapa será contabilizada.

AFP

Depois de enfrentar as forças da natureza, Equipe Mitsubishi Petrobras encerra participação no Rally

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad estão satisfeitos com a estreia e a performance do ASX Racing

Equipe Mitsubishi Petrobras foi surpreendida pela água

Equipe Mitsubishi Petrobras foi surpreendida pela água

ASX Racing no maior rally do mundo

ASX Racing no maior rally do mundo

Córdoba (ARG), 14 de janeiro de 2013 – A Equipe Mitsubishi Petrobras encerra sua participação no Rally Dakar 2013. Depois de enfrentar um dilúvio na etapa do último sábado, ao serem surpreendidos por uma enxurrada em um trecho da prova, o ASX Racing ficou submerso por muito tempo, sem que Guilherme Spinelli e Youssef Haddad tivessem o que fazer.

Durante todo o domingo, dia de descanso no Dakar, a equipe de engenheiros e mecânicos fez uma minuciosa e detalhada revisão no ASX Racing, fazendo a substituição de diversos componentes. Como o carro ficou por muitas horas mergulhado dentro do rio, acabou afetando também a parte elétrica do veículo. O problema em algum componente não pode ser identificado, nos testes o que ocasionou o abandono da dupla. Guiga e Youssef rodaram mais de 200 quilômetros em deslocamento até o início do trecho cronometrado, sem que nada de diferente fosse notado. Mas, no quilômetro 20 da especial, foram obrigados a abandonar a prova.

“Uma pena! É muito frustrante não poder completar o Rally Dakar, mas poderia ter acontecido com qualquer um. Tivemos uma falta de sorte com a enxurrada da oitava etapa, no sábado, e isso gerou consequências que acabou inviabilizando nossa continuidade na prova”, comenta Guiga Spinelli.

Um dos grandes objetivos da equipe no Dakar era testar e aprimorar o novo ASX Racing, construído com a mais alta tecnologia para provas off-road e que já nasceu muito bem, com o terceiro lugar no Rally do Marrocos e que vinha se mostrando competitivo e muito rápido durante o Rally Dakar. “Estamos muito felizes com o que conseguimos ver da performance e do potencial do ASX Racing. Foi o primeiro Dakar e, com certeza, teremos muitas outras oportunidades de disputarmos provas com esse carro e buscar excelente resultados”, comemora Guiga.

“É muito ruim sair de uma prova como Dakar por uma razão tão atípica. Foi a consequência de uma infelicidade, um fenômeno da natureza, onde não pudemos fazer nada. Por outro lado, estamos satisfeitos em estrear o ASX Racing e sabemos que o carro tem um potencial muito grande”, destaca Youssef.

Equipe Mitsubishi Petrobras

Acompanhe de perto todas as novidades da Equipe Mitsubishi Petrobras com Guilherme Spinelli e Youssef Haddad no Rally Dakar:

Site: http://www.mitsubishipetrobras.com.br

Facebook: http://www.facebook.com/EquipeMitsubishiBrasil

Twitter: http://www.twitter.com/eqpmitsubishibr

YouTube: http://www.youtube.com/eqpmitsubishibr

A equipe Mitsubishi Petrobras tem o patrocínio de Mitsubishi Motors, Petrobras, BTG Pactual, iCarros e URacer.

Equipe Mitsubishi Petrobras enfrenta a força da natureza no Rally Dakar

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad protagonizam momento histórico ao enfrentar correnteza na especial entre Salta e Tucuman

Dupla foi surpreendida pela água

Dupla foi surpreendida pela água

No fim da tarde, rio voltar a secar

No fim da tarde, rio voltar a secar

San Miguel de Tucuman (ARG), 13 de janeiro de 2013 – A Equipe Mitsubishi Petrobras viveu um momento histórico e de muita apreensão na tarde deste sábado no Rally Dakar. Ao percorrerem um trecho descrito na planilha como um rio seco, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad foram surpreendidos por uma enxurrada (tromba d´água) gerada pelas fortes chuvas que atingiram a parte mais alta da região, e acabaram ilhados.

“Tínhamos acabado de ultrapassar dois carros quando entramos no rio. De repente, apareceu uma pequena corrente de água, depois outra que passamos com mais dificuldade e o rio começou a encher muito rápido, com um volume de água inacreditável. O carro começou a ser empurrado para traz sem que pudéssemos fazer nada”, descreveu Guiga.

Logo apareceu um helicóptero da prova, voando muito baixo e com o diretor do Dakar, Ethienne Lavigne, na porta gritando para que saíssem do carro. Guiga e Youssef foram para a margem em segurança enquanto o volume de água aumentava cada vez mais. “Ficamos torcendo para a água não levar o carro”, disse Guiga. Mas, felizmente, o rio não encheu mais e, em algumas horas, já estava praticamente seco novamente.”

“Por uma orientação de nossa equipe, deixamos o ASX Racing desligado e aguardamos por um caminhão da organização para nos tirar daquele local. Esse processo demorou muito, chegamos em Tucuman às 6h30 da manhã de domingo. Dormi um pouco e, quando acordei, fiquei surpreso em ver o carro. A equipe fez um trabalho fantástico em poucos horas e está revisando tudo, deixando o ASX Racing como novo para largarmos amanhã”, explica Guiga. “Estamos felizes e gratos por nada de grave ter acontecido a nós dois, por ainda estarmos na corrida e pelo nosso carro não ter sido perdido nessa incrível força da natureza”, comemora o piloto.

Outros competidores passaram pela mesma situação e a organização encerrou a prova alguns quilômetros antes desse rio, atribuindo o tempo do quarto colocado, 2h07min21. Com isso, a Equipe Mitsubishi Brasil está na 13ª colocação da classificação geral.

“Fizemos uma especial muito boa ontem. Hoje é dia de descanso, ideal pra recuperar as energias e fazer uma boa revisão no ASX Racing. Seguimos na prova e agora vamos nos focar nesta última semana de Dakar”, comenta Youssef.

Guiga e Youssef seguem na 13 colocação - Marcelo Maragni

Guiga e Youssef seguem na 13 colocação – Marcelo Maragni

Dia de descanso
Todo mundo merece um descanso, ainda mais depois de percorrer três países e milhares de quilômetros. O Rally Dakar faz uma pausa neste domingo (13) para que os pilotos e equipes de apoio descansem para a metade final da competição. Nesta segunda-feira, o rali retoma com a especial entre San Miguel de Tucuman e Córdoba, ainda em solo argentino.

9ª Etapa – 14 de janeiro
Deslocamento: 259 km
Especial: 593 km
Total: 852 km

Resultados – 8ª etapa – 12/1*
1) Chicherit / Garcin (FRA) – 1h55min06
2) Terranova / Fiuza (ARG) – 1h59min08
3) Gordon / Walch (USA) – 2h00min23
4) Peterhansel / Cottret (FRA) – 2h07min21
Guilherme Spinelli / Youssef Haddad – 2h07min21

Classificação geral – Rally Dakar 2013*
1) Peterhansel / Cottret (FRA) – 18h31min04
2) Al-Attiyah / Cruz (QAT) – 18h34min18
3) De Villiers / Von Zitzewitz (AFS) – 19h15min07
4) Novitskiy / Zhiltsov (RUS) – 19h19min58
5) Chicherit / Garcin (FRA) – 19h35min54
13) Guilherme Spinelli / Youssef Haddad – 21h12min59

Equipe Mitsubishi Petrobras
Acompanhe de perto todas as novidades da Equipe Mitsubishi Petrobras com Guilherme Spinelli e Youssef Haddad no Rally Dakar:

Site: http://www.mitsubishipetrobras.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/EquipeMitsubishiBrasil
Twitter: http://www.twitter.com/eqpmitsubishibr
YouTube: http://www.youtube.com/eqpmitsubishibr

A equipe Mitsubishi Petrobras tem o patrocínio de Mitsubishi Motors, Petrobras, BTG Pactual, iCarros e URacer.

* Resultados extra-oficiais