A visita

11760246_10203256893103488_2836194239023467174_n

                A vida tem dessas coisas, ela é muito estranha e como o profeta já disse certa vez, a gente pode comprovar todo santo dia que Deus escreve certo por linhas tortas. Não sei o real motivo das coisas acontecerem assim, aconteceram e pronto. Por conta da lista de discussão sobre o Maverick, acabei conhecendo um monte de malucos apaixonados por esse carro incrível, uns entusiastas, outros já não possuem mais seus veículos, mas mantém a assinatura da lista por conta da amizade criada por lá.

                Foi por conta de um amigo dessa lista que certo dia a conversa foi parar no tema Rock and Roll e consequentemente mencionei o nosso programa na rádio, o Mundo do ROCK. Lembro como se fosse ontem. Na ocasião esse amigo falou de outro, amigo dele que também tinha um programa na rádio e supostamente gostava de carro antigo (depois eu descobri que o cara era opaleiro), era de Niterói, longe pra caramba. Então o Makineta promoveu o encontro via facebook o que culminou de imediato em várias horas de conversa e descobrimento de áreas de interesse mútuo como era o caso de autos antigos, rádio, música, ufologia, militarismo, história e cutelaria.

Então daí, não sei se já estava a semente na cuca desse maluco, ou germinou depois de tantas horas de conversa em vários projetos, como é o caso da Sociedade Automotiva, o primeiro deles, dessa dupla de loucos. Foi um convite feito ainda pelo face, a troca de ideias, a roupagem, desde o esboço até a concepção,  a colaboração e o espaço do ROCK dentro de uma página de automobilismo. Foi assim que nasceu uma boa amizade, mesmo com tantos quilômetros no meio. Assim que a Sociedade Automotiva engrenou vieram as outras ideias, os outros projetos e sempre fui convidado pelo meu amigo para fazer parte, ou simplesmente analisar e opinar.

11695965_10203256892343469_2005303537502984902_n

                Acontece que esse amigo um dia fez uma promessa de me fazer uma visita, descer até o sul, chegar em Santa Catarina e se dirigir até Curitibanos, participar de uma edição de nosso Mundo do ROCK. Confesso que não esperava tão cedo e me posicionava ceticamente quando à essa questão, afinal de contas o cara é gente boa, mas é opaleiro.

Mas ele cumpriu as promessas e veio, trouxe consigo sua esposa, se hospedaram aqui em casa, provaram paçoca de pinhão, bolacha, churrasco entre outras coisas da região. Visitaram o museu, andaram de Maverick, o Leandro até tentou dirigir o Maveco, mas foi sofrível ver o opaleiro tentando se adaptar no ford! Fora isso, visitaram a rádio, participaram do programa Mundo do ROCK, compareceram no estúdio onde a Nóntiêne está gravando mais uma música e foram no ensaio, também conheceram outra figura mitológica Curitibanense, o apresentador de rádio Iran.

11781833_10203256891583450_7228609700740118006_n

Pena que o tempo passou rápido demais, mesmo com tantas conversas ainda ficaram outras tantas sequer tiveram tempo. Mas cada minuto valeu! Foi a solidificação de uma amizade feita à distância. Algum poeta já disse que é uma pena que exista distância entre os amigos, mas as coisas são como são, pelo menos assim pudemos conhecer a cultura de cada pessoa e de cada lugar.

Desejo imensamente que a amizade nunca acabe e sempre se renove, grande honra ter a visita desse amigo e sua esposa, espero que tenham gostado do passeio, da estadia e regressem o mais breve possível para outra vez nos reunirmos e celebrarmos a amizade. Nessa visita eu fiz minha parte, mostrei para ele o que é carro de verdade, ele andou no Maverick.

Um FORD abraço

Sabugo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s