Dicas para cuidar bem de seu carro

Um carro bem cuidado pode garantir benefícios que vão além do elogio dos vizinhos, quando você o estaciona na garagem. Saber dos limites dele e como cuidar da sua manutenção rendem aprimoramento na performance dele, no consumo econômico de combustível e melhora na qualidade do ar ao redor. Ter um seguro de carro é um diferencial para garantir a sua segurança e proteção do seu veículo.

Por isso, selecionamos algumas dicas fundamentais para o condutor que se preocupa com o seu meio de transporte e tem o cuidado para garantir que ele não o deixe na mão por muitos quilômetros à frente, ainda.

Dicas para garantir que o carro permaneça bem cuidado

Óleo do motor: utilizado para limpar, lubrificar e refrigerar uma das peças mais essenciais do veículo, o óleo deve ser trocado regularmente, conforme instruções do fabricante, para que não transcorram problemas com o motor.

• Pressão nos pneus: a pressão adequada nos pneus evita o consumo exagerado de combustível e evita que exista o superaquecimento nos pneus. Cheque sempre a calibragem correta.

Manutenção das peças relativas ao motor: elas não são protagonistas, mas devem ser checadas e trocadas com periodicidade. São as velas, os filtros de ar, do óleo e do combustível e o carburador, também, podem causar um consumo excessivo se mantidos muito tempo no veículo. Diz-se que as velas devem ser trocadas a cada 20 mil km; o filtro de ar, a cada 15 mil km; filtro de combustível, a cada 10 mil km; e o filtro do óleo deve ir junto com o óleo do motor; o carburador, por sua vez, pode ser trocado a cada 80 mil km.

Alinhamento e balanceamento: ao trocar os pneus ou rodar mais que 10 mil m, o recomendável é uma revisão nesse quesito, uma vez que contribuem, quando desalinhadas, para tornar o consumo de combustível mais excessivo e tornam a direção um tanto mais imprecisa no manuseio.

Peças originais: não troque o produto de qualidade pelo barateamento “paralelo”, isso é apenas uma economia imediata que pode, muitas vezes, sair mais caro mais à frente.

• Bom senso no giro do motor: a lógica é simples, não sendo necessário fazer o motor esgoelar para trocar de marcha e, tampouco, deixar na quinta marcha para acelerar quando o semáforo abrir, por exemplo. Isso prejudica a performance do motor e da transmissão também.

Motor superaquecido: se o termômetro sair da zona segura de esfriamento, o ideal é encostar o veículo e esperar para que ele se refresque completamente. Cheque, sempre, o nível de água.

Limpeza do carro: limpar o seu veículo é um hábito que deve ir além da estética, pois o acúmulo interno de sujeira pode levar à proliferação de fungos e ácaros, bem como a pintura externa pode ficar comprometida, com o tempo, tendo o acúmulo de sujeira na sua lataria, o que pode resultar em arranhões em seu veículo.

Pé na embreagem: trata-se de um hábito e, justamente por isso, um pouco de prática dá conta do recado. Manter o pé pressionado na embreagem cria um atrito desnecessário na mecânica da embreagem, o que pode gerar um desgaste prematuro e, possivelmente, na quebra dela.
E então, já toma estes cuidados para garantir que seu carro esteja sempre protegido?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s