Brasileiro, o quebrado

GESSO

Então, pois bem, tentei o quanto pude resistir, não deu, complicado ficar inerte, impossível ser neutro numa situação de aberração dessas. Vivemos num hecatombe moral nessa grande nação abençoada por deu e bonita por natureza, bonita sim, mas sem vergonha, descarada e dado aos últimos acontecimentos muito, mas muito doentia.

O brasileiro, aquele orgulho da camiseta canarinho, amante de futebol, amante de carnaval, pagodeiro de final de semana, o esperto que dá um jeitinho, o típico brasileiro segundo essa mídia deturpadora dos bons costumes está quebrado. Seu orgulho levou uma surra tão feia que foi nocaute aos dez segundos do primeiro assalto, seu orgulho está na lona, em coma jaz sem previsão de voltar à vida. A seleção dele levou uma surra feia no campo para o mundo todo ver em meio a uma copa rodeada de superfaturamento, desvios, gastos desnecessário. O seu carnaval foi um fiasco, a escola ganhadora recebeu dinheiro de um ditador cruel, foi financiado com dinheiro que em seu país de origem se aplicado em saúde, ou comida, salvaria milhares de vidas que beiram a morte por inanição e miséria. Não ouve beleza nessa vitória da escola de samba. O Pagodeiro de final de semana, está vendo a gasolina subir alucinadamente de preço, está vendo o valor da cervejinha disparar junto com a carne e a farofa do churrasquinho, fora isso, o preço absurdo do cd do grupo que ele curte sendo original tem um monte de impostos e fica caro, o que faz com que ele vá para o camelô ver se acha o lançamento. Já o brasileiro esperto está vendo que seus dias estão contados, com o preço da luz, todos estão ligados que precisam mais do que nunca vigiar para não ser surrupiado. Esse já não engana mais os outros, não tem mais trouxas para serem embrulhados os tempos mudaram.

O brasileiro ainda incrédulo depois de tudo isso viu em rede nacional uma classe de homens honestos levarem chutes e pontapés da polícia rodoviária porque estava calma e pacificamente protestando contra os preços abusivos dos combustíveis, dos pedágios, lutando por melhorias nas suas condições de trabalho. Tão logo isso passou veio à tona na mídia as ações dos movimentos tidos como sociais (MST e MSTST) que detonaram anos de pesquisa em empresas privadas, fecharam rodovias, entraram caminhando com carros de som em várias cidades pelo país afora e em alguns casos portavam facões, foice e enxadas sem serem importunados por policiamento de qualquer esfera. Nada, absolutamente NADA aconteceu a eles, ao contrário dos motoristas trabalhadores.

Não obstante o brasileiro se remendou, passou merthiolate (desse que não arde, no meu tempo ardia que só! Eu morria de medo dele, mais que do machucado em si), vestiu a camiseta da seleção, algumas até eram oficiais da CBF (isso mesmo, aquela que embolsou um bom tanto com a copa da corrupção) e foram pra avenida protestar, pedir que o governo faça alguma coisa que mude o panorama em que a nação se encontra.

Ledo engano, pobre brasileiro, mal sabia ele em sua lúdica inocência que o governo não vai fazer nada a não ser mentir. Vide o nosso congresso, aforismos, palavrões, ameaças, discursos, balelas, reuniões e nada, absolutamente nada de efeito. As investigações barradas, cpis arquivadas, processos esquecidos, leis votadas em benefícios próprios partidários, pizza nas investigações, blindagem de políticos safados, corte no orçamento, arrocho nos impostos e taxas. E o brasileiro quebrado, ainda  antes de entrar em coma, com os olhos esbugalhados viu atônito a inércia das forças armadas que não deram um passo e nem uma palavra. Assim a esperança ruiu e o brasileiro entrou em coma.

Esse coma é para o brasileiro opaco presente e o abismo que será seu futuro pelo infame caminho da recessão, dos juros altos, da inflação, da máquina do estado inoperante, cara, onerosa, da alta carga tributária, dos serviços básicos de saúde e segurança em trapos e do pior dos males, de um comunismo ditatorial.

O governo virá com o papo de plebiscito e essa será a arapuca para pegar o brasileiro quebrado mas entusiasta, que acredita em contos de fadas e em político bonzinho, que prefere um benefício do governo do que arriscar estudar e batalhar por si só por melhores condições.

O brasileiro foi quebrado, seu orgulho pátrio foi pisoteado, jogado na sarjeta e enlameado. Os comandantes da nação eleitos por eles são párias, déspotas que nadam em suas ambições e nada fazem de real em prol da nação que sucumbe ante tantos desvios, roubos. O nome do brasileiro lá fora é piada em universidades porque o país dele não sabe comprar refinaria, porque no país dele político não vai pra cadeia e se for, preso não fica, haverá uma emenda, algum burlamento ou adendo, quem sabe uma emenda parlamentar para livrar a cara do companheiro. No fundo o brasileiro sabe que seu futuro é complicado. É como diria Raulzito: Já são carrascos e vítimas do próprio mecanismo que criaram.

Ainda há alguns que acreditam e vão lutar pelo Brasil, mas essa luta será em vão, olhe em volta, olha o sistema político, não haverá reforma, não haverá correção de rota, ainda há os que defendem esse governo despreparado, corrupto e ditatorial.

Meu orgulho de ser brasileiro adoeceu em 1994 numa curva, o nome dela: Tamburello e veio a falecer dez anos depois quando o governo da nação estava entrando no rumo do socialismo através de um presidente eleito pelo povo mas inapto, tendencioso, meticuloso e perigoso, na época não acreditavam em mim, mas os anos se encarregaram de mostrar a verdade, pena que eles cobraram um custo muito alto para tal. Esse governo que está se banqueteando no poder conseguiu uma coisa que nenhum outro foi capaz, trocou o lado, a questão de ser aliado ou oposição pelo ódio, pelo asco. Hoje ele é odiado por muitos, mas espere, espere mais algum tempo meu amigo leitor, no rumo que a coisa está indo, esse governo vai fazer você sentir saudade do Sarney!

Eu sou, sempre fui SULISTA e vou viver para ver o meu país nascer, quem sabe no SUL não cometamos os mesmos erros do brasileiro quebrado, pois já temos o exemplo de qual caminho não seguir.

Um FORD abraço.

Sabugo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s