I have a dream…..

sonho2

Ontem estava à tarde quase na hora do jogo da “selessaum” , continuei minha leitura sobre ufologia, para quem não sabe o louco aqui também é ufólogo, só que me deu um sono e como minha cama estava me esperando já que não trabalhei por conta do maldito jogo, fui dormir. Eu tenho uma insônia aguda, levo aproximadamente alguns milésimos de segundo para pegar no sono profundo, ir de ALFA para BETA, desafiando a lógica normal.

E raramente quando consigo dormir neste período, mas sempre que consigo sou agraciado por grandes viagens em formato de sonhos, deixo bem claro que não faço uso de drogas ilícitas, nenhuma marijuana, nem LCD, nenhuma mesmo.

Bem, o sonho: Não sei por qual motivo e cargas d´águas um grande executivo me propôs um investimento de alguns milhões de Euros, gostaria de investir no Brasil. Na mesma hora eu sugeri a construção de um Autódromo, com A maiúscula mesmo. Um grande circuito misto que abrangesse todas as categorias possíveis de automobilismo.

Prontamente escolhi a região de Maricá, para quem não conhece é a porta de entrada da Região dos Lagos aqui no Estado do Rio de Janeiro, por ser de fácil acesso para quem vem de São Paulo, Minas e Espírito Santo, de certa forma perto também do Aeroporto de Búzios, Santos Dummont e Galeão.

Logo imaginei vários tipos de desenhos de traçados, imaginei na categoria Master do automobilismo, a F1, fiz um traçado com curvas travadas, elevações e a maior reta que se poderia ter, logo onde a maioria do público veria grandes ultrapassagens, uma reta enorme para delírio dos fãs de arrancada.

Imaginei um circuito externo em um oval que não deixa nada a desejar a Indianápolis, para delírio dos fãs da Nascar e Indy. (Cá para nós o circuito do Sambódromo é muito fraco hein…)

Uma extensa área verde com plantações de eucaliptos fazendo lembrar o “inferno Verde” da Alemanha, uma área para trailers e camping , lagoa artificial e tudo mais. Imaginei um circuito de Kart, não podemos esquecer desta categoria de formação e preferida de muitos marmanjos.

Áreas de boxes bem organizadas, permitindo integração com escolas técnicas e oficinas de preparação, uma torre de TV e Rádio de primeiro mundo, um hospital de emergência para qualquer eventualidade, brigada de bombeiros e segurança.

Heliporto e em uma emergência a grande reta dos boxes poderiam pousar/decolar qualquer avião.

E em uma das grandes reuniões que estava presente para fechar o acordo de uma prova da Le Mans Series, sinto o cheirinho de comida no fogo e desperto ainda tendo o jogo de bosta da TV.

Sonhar é bom , não custa nada e é o que nos segura desta vida cada vez mais louca.

 

Pé no porão!

 

Leandro Sauerbronn

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s