Dylan na estrada

Camiseta Dylan

             A vida da gente sempre é tão corrida, sempre falta grana, tempo e beleza, mas isso é rotina do ser humano há tanto tempo que já nem sei contar quando tudo começou. Atualmente a coisa não mudou, pelo contrário, se consolidou. E dado aos idos dos tempos, aos trancos pela correria dos dias, sobra pouco tempo para a gente realmente viver, para curtirmos (ou fazermos) um som, conversar com os amigos, dar uma espairecida, fazer um hobby, ou simplesmente viajar.

            Então como sempre falta tempo precisamos dar um jeitinho para que o relógio não nos atrapalhe.

E foi numa dessas que eu me surpreendi com as coisas que a beira do caminho pode te propiciar. É sobre isso a conversa dessa semana.

Era sábado pela manhã, eu e Silvia precisávamos ir até uma cidade próxima ver alguma coisa do nosso interesse e foi o que fizemos. Ganhei uma folga do trampo e por estar ainda sem meu Maverick, fomos com o carro dela. Tudo tranqüilo na viagem de ida, viagem tranqüila e curta, não mais que 100 km. Chegamos ao destino, fizemos o que fomos fazer e com a tarefa já cumprida, chegando a hora do almoço, fomos em busca de algum lugar para comer.

Descemos a Br e demos uma volta pela cidade em busca de um restaurante, enquanto fazíamos isso passamos por uma esquina na qual havia um barzinho, era mais alta que rua, havia uma subida para chegar ali, e na frente do barzinho eis que estão parados três opalas, uma chevrolet boca de sapo vermelha recém restaurada e um passat da primeira série.

Bom, após isso a gente almoçou, era hora de voltarmos e ao refazer o trajeto de volta, me obrigo a parar, havia uma pick-up Gurgel a venda! Coisa rara demais para deixar de fotografar! Mas isso não foi tudo, saindo da cidade passa pela gente um Dodge Magnum impecável, lindo, creme, calotas cromadas, o meio teto de vinil dele reluzindo sob o sol, a viagem de volta prometia!

Saindo da cidade, resolvemos parar já quase no pé da serra para olharmos umas camisetas em uma lojinha muito bem montada às margens da Br que por incrível que pareça, estava atendendo normalmente às duas da tarde de um sábado. Entramos no recinto e na verdade, eu não possuía nenhum interesse em adquirir roupa naquela ocasião, estava apenas acompanhando minha noiva e enquanto ela olhava algumas peças eu para me distrair resolvi passar cabide, um a um.

E não sei como, nem por qual razão, em meio ao meu bisbilhotar desinteressado encontro uma camiseta branca com escritas em inglês (uma de muitas línguas que eu não domino), sem acreditar direito retiro da arara a camiseta e fico olhando para ela boquiaberto. A atendente da loja nesse momento me aborda toda simpática me perguntando se eu estava tentando ler a estampa. Olho para ela e digo que não estou tentando ler, que eu sei o que está escrito e pergunto para ela se ela sabe. Ela simplesmente diz que não consegue ler, que é difícil…

Mal sabia a cidadã que havia em sua loja uma camiseta estampada com a letra da Blowin’ In The Wind do Bob Dylan, o qual ao perguntar para ela, ela disse que não fazia a menor idéia de quem poderia ser. Será que se eu pedisse para ela quem era Michel Teló, Latino, Naldo ela saberia? Como pode um ser humano desconhecer Bob Dylan?

            Acabei comprando a camiseta por uma bagatela, encontrei pérolas num palheiro, a maior canção (em minha opinião) de todos os tempos do (segundo a revista Rolling Stone) 2º maior artista de todos os tempos estampada em uma camiseta em uma loja que não vende artigos de ROCK. Sequer sabiam do que se tratava a estampa contida nela, nunca ouviram falar do Bob Dylan, mas a camiseta estava lá, esperando alguém que soubesse do que se tratava.

            Agora com orgulho posso levar no peito essa bela canção. Sempre desejei ter uma camiseta com alguma coisa do Dylan, e por acaso, sem querer, numa situação casual e inesperada encontro ela.        

            Ela só poderia estar me esperando!

 

Um FORD abraço.

 

Sabugo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s