No Circo tem pão, mas nunca terá ROCK

3040_5013_08-coluna-renato

Domingo quieto por aqui, frio, céu nublado, típico inverno do sul, e aqui na região serrana só para constar, está ventando. Me lembra aqueles estranhos lugares de desolação dos filmes. Mas não foi assim durante todo o dia, houve algum tempo em que tivemos barulho, tivemos algazarra e buzinas, roncos de motores, gritos, e algum estardalhaço. Tudo isso misturado com a euforia de algumas pessoas, não ouso dizer quantas, pois não me dei ao trabalho de espiar pela janela. Acho que é pela minha mania de ser do contra, ou pela indignação, minha grande companheira.

            O Brasil, ou melhor, a seleção brasileira de futebol ganhou a copa das confederações (e o que é que isso tem de ligação com o ROCK você se pergunta), e a galera come o pão, e fica em êxtase, maravilhados, orgulhosos de pertencerem à pátria de chuteiras, como eu vi uma propaganda dizer.

Não pode ser sério isso, eu custo a acreditar. O povo tentando pela insistência de alguns bravos anônimos que caminham nas avenidas já cansados de tanta desigualdade e descaso de um governo injusto, apático, desonesto e cruel, sem falar hipócrita e inoperante barganhar por mudanças tão necessárias e vitais para nossa nação. E a mídia enaltecendo os ´´heróis´´ do campo que deixam a platéia que se dirigiu ao estádio eufórica, com ´´orgulho´´ de ser Brasileiro, inclusive estavam cantando: ´´Sou brasileiro com muito orgulho, com muito amor´´. Ouvindo isso me perguntei se seriam tão orgulhosos assim ao ponto de se juntar à massa que do outro lado fazia manifestações, se sairiam do estádio e iriam exigir condições melhores.

Mas isso tudo não importa, não, definitivamente não, o errado sou eu, o perdido sou eu, a ovelha negra. Claro que sou, afinal de contas, eu me indignei e que vai acontecer? Não vai acontecer nada, a mídia manipula, o povo feliz da vida porque a seleção é campeã vai esquecer que as manifestações questionavam o gasto com a construção dos estádios para a copa. Mas agora são campeões, que venha a copa! Se a seleção ganhar, a copa é barata, e nenhum político precisa explicar os gastos, até as manifestações por um país melhor vão perder a importância, o brasileiro de verdade (aquele que a mídia diz que é o verdadeiro) vai estar entupido de alegria, ouvindo samba, pagode, axé, comemorando com  ´´çurraxco´´, será feriado todo dia que a seleção for jogar, vão comprar a camisa da seleção no camelô porque o dinheiro do bolsa tudo não dá para comprar a original.

Sendo assim, eu não sou brasileiro, eu sou do SUL, o SUL é o meu país. O Rock é minha música, minha consciência meu guia, nesse mundo digital eu insisto em ser analógico.

Só para encerrar, deixo a canção do saudoso Renato Russo e de sua Legião Urbana: Perfeição, que define muito bem a situação do dia de hoje (e infelizmente da nossa realidade vivida há décadas na terrinha do carnaval).

Um Ford abraço

Sabugo

Anúncios

Um pensamento sobre “No Circo tem pão, mas nunca terá ROCK

  1. …….QDO AS PALAVRAS BROTAM DO CORAÇÃO , SÃO SEMPRE PERFEITAS ……ADMIRO MTO TD TD Q ESCREVE !!! P Q É A VERDADE Q PREVALESSE !!!! PARABENS….POR SER LIVRE , LEVE E SOLTO !!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s