Me sinto só…

Armazém do ROCK

O Brasil agora é o país da copa né? Tem jogo de futebol todo dia, reportagem falando sobre isso 24 horas sem parar. Ah mas também é o país do carnaval, da festa junina, e agora é palco de um levante em massa de manifestações que transformaram as ruas de uma capital estadual em campo de guerra. Parece que as manifestações englobaram mais do que a indignação pelo aumento da tarifa de transporte urbano e envolvem um descontentamento em massa contra o governo.

Mas o Brasil é o país do futebol, e a mídia vai lucrar mais mostrando a bola do que as manifestações… O Brasil é o país do carnaval também, tem programa que só fala disso e vai ao ar em cadeia nacional. Mas nem só de carnaval a mídia vive, tem também a cada duas horas uma nova dupla de sertanejo universitário.

IMG_0207

E vendo tudo isso eu me sinto só, o carnaval não me anima, os jogos de futebol me lembram da copa que me lembra dos estádios que me lembra de quanta grana torraram em coisa que não é urgente e nem tão necessária como saúde e escola…

De tão só que me sinto, me isolo dessa pantomina e na minha clausura pego a minha guitarra, aproveito para trocar os seus captadores, trocar a ponte, o jogo de cordas, ligo para um amigo, para outro e por fim para mais um. Nos isolamos do mundo e por algumas horas alheios aos gritos dos torcedores, das transmissões de tv nosso mundo se resume ao antigo armazém do meu pai onde temos uma bateria, das guitarras, um baixo, uma mesinha de som com uma caixas. Além disso velha mobília, baleiros vazios, balcões e as cervejas geladas, isso sem falar numa cachaça curtida com butiá.

Pronto, agora não me sinto mais só! Tenho amigos fazendo ROCK junto comigo, não sou só EU, somos nós! É a banda, tocando, se divertindo, rindo, vivendo, sentindo a música fluir enquanto tocamos ela, até o ponto de se arrepiar com o som que ouvimos enquanto o fazemos. Isso não tem como explicar, só sentindo mesmo.

O ensaio dura suas 3 horas, terminamos ele e ficamos de papo, afinal de conta uma boa conversa é fundamental, bem como a avaliação do ensaio. Então guardamos os cabos, os instrumentos, as latas vazias, os pedestais, os pedais, as cifras e cada um vai para sua casa com o sentimento do dever cumprido, afinal de contas, prestamos nosso tributo ao bom e velho Rock N´Roll, claro que da nossa maneira, mas prestamos.

Então eu ligo a tv e novamente me sinto só, o ´´mundo´´ (ou pelo menos uma parcela dele) gira em torno do futebol, da copa, do carnaval… Desligo a tv, e vou dormir, afinal de contas apesar de me sentir só (já que não me incluo no devaneio da massa que ama futebol e carnaval), tive uma tarde excepcionalmente maravilhosa e nada vai mudar isso, então meu mundo gira só, mas em paz embalado pelo rock.

 

Um Ford Abraço

 

Sabugo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s