As reviravoltas do esporte

Após a última vitória de um brasileiro em um dos templos do esporte a motor e somado ao jejum de títulos na categoria de monopostos mais rápida das Américas, um piloto em especial teve sua sorte testada e seu crédito vencido por pessoas descrentes. No seu triunfo, muitos diziam que foi sorte de estar no carro certo e na equipe certa, porém Tony Kanaan nunca desistiu. E sua vontade ligada ao talento, tornou mais uma vez isso possível, com uma vitória nada mais nada menos do que em Indianápolis.

Untitled-2

Kanaan lidera o pelotão seguido por Marco Andretti

Neste ultimo final de semana o piloto Tony Kanaan conquistou a vitória nas 500 milhas de Indianápolis, quebrando um jejum de 12 provas, (desde a criação da entidade atual, fora as participações anteriores) e assim de forma brilhante e consistente.

E essa vitória veio num momento em que se viu mais oportuna, chegando a frente dos carros de sua antiga equipe (veja a tabela ao fim) a Andretti Autosport, somado a necessidade de dinheiro e  patrocínios, pois nesta atual equipe, o brasileiro não tem contrato, ou seja tem grana corre, num tem, esta na rua a pé. Contabilizando um pouco mais de 5 milhões de “doletas” com premiações e exposição da imagem, Tony diz que é o suficiente para permanecer até o fim do ano na categoria e tentar permanecer o ano que vem. Apelidado de “Bom Baiano” realmente mostra que ainda tem garra pra vencer e que a aposta na troca de equipe em 2010 , pela KV Racing Technology, mesmo sendo uma equipe pequena na época, rende frutos.

Untitled-1

Tony comemora sua vitória ainda no carro

Durante uma corrida sendo um super oval, as estratégias de cada equipe aliadas ao consumo de pneus e combustível e ainda sendo influenciada pelas bandeiras amarelas, acabam por dar ao publico um espetáculo de ultrapassagens e troca de líderes. Largando em 12º e com uma estratégia parecida com a dos ponteiros, o Bom Baiano, manteve fiel a tocada e seguiu livre de enroscos figurando entre os líderes em alguns momentos da prova. Porém faltando 30 voltas pro fim, foi dada a disputa, Marco Andretti, Ryan-Hunter Ray e Carlos Muñoz, três pilotos da equipe Andretti e o Tony Kanaan, da KV. Com uma sequencia de bandeiras amarelas ao fim, Tony soube ultrapassar o atual campeão Ryan-Hunter Ray e se manter a frente na bandeira amarela seguinte, e então foi somente guiar para vitória.

Lembrando que a próxima corrida terá rodada dupla em Detroit.

Alexandre Mesquita

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s