Minas terrestres e bombas podem fazer autódromo do RJ mudar de lugar

O novo autódromo do Rio de Janeiro pode ter que buscar um novo lugar para ser construído. De acordo com o secretário da Casa Civil do Rio, Régis Fichtner, caso o Exército ou o Ministério da Defesa não apresentem garantias de que o terreno cedido ao Ministério do Esporte esteja limpo de minas e bombas – já que o local era zona de treinamento militar – vai ser preciso encontrar uma alternativa.

“Estamos aguardando essas garantias, mas não vamos colocar ninguém em risco: nem operários na construção, nem pilotos, nem o público depois” disse Fichtner.

Em princípio, a licitação está prevista para o mês de junho, e as obras começariam ainda neste ano. Entretanto, o secretário não descarta a mudança de local. “Se o terreno não for adequado, teremos que buscar outro”, afirmou.

O impasse pode atrasar ainda mais a volta do Rio ao cenário do automobilismo nacional, já que o Autódromo de Jacarepaguá foi desativado no ano passado e demolido para a construção do Parque Olímpico de 2016. (Portal Terra)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s